SAIBA COMO LIMPAR SUA CAIXA D’ÁGUA

Mais que riscos à saúde do consumidor, uma caixa d’água aberta e suja causa problemas para toda a sociedade. Além de comprometer a qualidade da água fornecida pelas empresas de abastecimento, a caixa suja pode ajudar na proliferação de doenças como a dengue.

Mais que riscos à saúde do consumidor, uma caixa d’água aberta e suja causa problemas para toda a sociedade. Além de comprometer a qualidade da água fornecida pelas empresas de abastecimento, a caixa suja pode ajudar na proliferação de doenças como a dengue.

Acompanhe, a seguir, as orientações que a Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos), do Estado do Rio de Janeiro, oferece em seu site para quem quer aprender a limpar caixas d’água.

1 – Feche o registro de entrada da caixa d’água;

2 – abra as torneiras internas de sua casa para esvaziar a caixa;

3 – antes que o depósito se esvazie totalmente, feche as torneiras para que fiquem retidos aproximadamente 15 cm de água no fundo da caixa. Esta água será usada na limpeza;

4 – em seguida, coloque uma bucha de pano na saída de água da caixa para evitar a entrada de sujeira na tubulação;

5 – inicie a limpeza utilizando apenas uma esponja ou escova de náilon macia para esfregar as paredes da caixa. Jamais use sabão, detergente ou outros produtos de limpeza. Retire a água e toda a sujeira do fundo e das paredes da caixa d’água, utilizando baldes e panos limpos.

6 – abra novamente o registro de entrada. Deixe o nível de água atingir 15 cm e feche de novo esse registro. Repita os passos de número 4 e 5.

7 – agora, remova a bucha de pano e abra o registro de entrada para o enchimento da caixa. Acrescente um litro de água sanitária ou um copo contendo hipoclorito de sódio.

8 – depois de ter enchido a caixa e colocado água sanitária ou hipoclorito, feche o registro de entrada, deixando esta água em repouso por no mínimo duas horas.

9 – decorrido esse tempo, esvazie completamente a caixa e abra todas as torneiras, para que essa água desinfete todas as tubulações do imóvel.

10 – finalmente, feche as torneiras e tampe a caixa, que agora está desinfetada.

Fonte: “www.idec.org.br”